Descarte de Residuos19

Blog

Logística Reversa – como sua empresa e seu cliente são beneficiados

Compartilhe via

DSC4955 min scaled

A Lei 12.305/10 trouxe para todos nós uma série de deveres a serem cumpridos por cada agente social. Para as empresas, a responsabilidade que mais deve ser levada em conta é da logística reversa. Segundo a PNRS, fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes têm responsabilidades que abrangem:

I – investimento no desenvolvimento, na fabricação e na colocação no mercado de produtos: 

a) que sejam aptos, após o uso pelo consumidor, à reutilização, à reciclagem ou a outra forma de destinação ambientalmente adequada; 

b) cuja fabricação e uso gerem a menor quantidade de resíduos sólidos possível; 

II – divulgação de informações relativas às formas de evitar, reciclar e eliminar os resíduos sólidos associados a seus respectivos produtos; 

III – recolhimento dos produtos e dos resíduos remanescentes após o uso, assim como sua subsequente destinação final ambientalmente adequada, no caso de produtos objeto de sistema de logística reversa.

IV – compromisso de, quando firmados acordos ou termos de compromisso com o Município, participar das ações previstas no plano municipal de gestão integrada de resíduos sólidos, no caso de produtos ainda não inclusos no sistema de logística reversa.

Empresas ambientalmente responsáveis conquistam mais mercados

A pressão para que empresas e indústrias sejam mais conscientes vem de todos os lados. Além da Política Nacional de Resíduos Sólidos, a iniciativa privada também é impactada pelos próprios consumidores que estão cada vez mais conscientes. É o que mostra a pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira – Consumo Consciente, feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI)

“A atenção da população com os impactos da produção e do consumo está crescendo. Além de procurar um produto melhor, que satisfaça às suas necessidades, as pessoas procuram saber o que acontece com o meio ambiente, com os trabalhadores e com os animais no processo de produção”, observa o gerente executivo de Pesquisas e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca. “Isso mostra que, cada vez mais, as empresas precisam estar atentas aos impactos das suas atividades. As empresas que já fazem isso, e há vários casos no Brasil, têm mais facilidade de conquistar mercados”, afirma Fonseca.

Fonseca complementa ainda traçando um perfil ainda mais detalhado dos consumidores que se preocupam com o meio ambiente e, também, dos consumidores que ainda não se importam com essas questões:

“São consumidores que procuram saber se as empresas adotam procedimentos para prejudicar o mínimo possível o meio ambiente, como reduzir a emissão de poluentes e a quantidade de resíduos descartados”, informa a pesquisa. Entretanto, 41% das pessoas dizem que nunca conferem se a produção é ambientalmente correta.

O levantamento feito pela pesquisa ouviu 2 mil pessoas em 126 municípios e mostrou que 38% dos entrevistados sempre verificam ou verificam às vezes se os produtos que comprarão foram produzidos de forma ambientalmente correta.

Quais empresas são obrigadas por lei a fazer a logística reversa

São obrigados a estruturar e implementar sistemas de logística reversa os fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes de: 

I – agrotóxicos, seus resíduos e embalagens, assim como outros produtos cuja embalagem, após o uso, constitua resíduo perigoso, observadas as regras de gerenciamento de resíduos perigosos previstas em lei ou regulamento, em normas estabelecidas pelos órgãos do Sisnama, do SNVS e do Suasa, ou em normas técnicas; 

II – pilhas e baterias; 

III – pneus; 

IV – óleos lubrificantes, seus resíduos e embalagens; 

V – lâmpadas fluorescentes, de vapor de sódio e mercúrio e de luz mista; 

VI – produtos eletroeletrônicos e seus componentes.  

Além desses produtos também devem implantar a logística reversa em produtos comercializados em embalagens plásticas, metálicas ou de vidro, assim como demais produtos e embalagens de acordo com o grau e a extensão do impacto à saúde pública e ao meio ambiente pelos resíduos gerados. 

Processo de logística reversa com a Ecoassist

O que é logística reversa?

De forma simplificada a logística reversa é o retorno de um material para a cadeia produtiva. Dessa forma a logística reversa se caracteriza como um movimento que objetiva um material descartado voltar a ter valor, movendo-o de seu destino final para uma etapa anterior da cadeia produtiva. Com esse movimento a empresa pode fazer a reciclagem do material para o reaproveitamento na fabricação de novos produtos ou fazer o descarte ecologicamente correto. Para que isso aconteça, as empresas podem contratar a Ecoassist para cuidar de tudo, desde o atendimento ao cliente até o descarte ecológico.

Todo processo que ocorre após a venda de um produto é caracterizado como logística reversa. O consumidor comprou um produto que deu defeito? Logística reversa! Isso porque a empresa tem a obrigação de recolher esse produto para ser testado e, então, enviar outro produto igual para o consumidor (também pode ser devolvido o dinheiro investido no produto), a empresa pode ainda encaminhar o produto para uma assistência técnica autorizada. Seja qual for a escolha da empresa, todo o processo de recolhimento ou recebimento do produto, testagem, possível desmontagem e retorno para a indústria deve ser minuciosamente organizado para que funcione.

Com a Ecoassist, as empresas podem contar com um serviço personalizado de logística reversa. A Ecoassist nasceu em 2009 por executivos do mercado de seguros e possui mais de 6 milhões de clientes ativos; tudo isso movimenta mais de 800 toneladas de resíduos por mês. Nós fizemos as contas, e só em 2020 fizemos o descarte ecológico de mais de 108 mil produtos. 

Como a logística reversa ajuda o seu cliente

  • O cliente enfrenta o desafio de não ter onde descartar um material com defeito ou usado.
  • Outra questão nada prática é a necessidade de o consumidor ter que ir até uma assistência técnica para entregar o produto
  • Nenhum desses processos entrega comodidade à experiência do cliente e nem reflete preocupações ambientais da empresa.

Vantagens para sua empresa ou indústria

  • A Ecoassist atende a todo o território nacional
  • A comunicação é feita através de WhatsApp, SMS e e-mail de forma facilitada e ágil. Todo o atendimento é feito em nosso call center com sistema próprio.
  • Temos um sistema de atendimento omnichannel
  • Contamos com agentes uniformizados e treinados para atender o cliente em cada coleta após agendamento prévio
  • Oferecemos comodidade e sustentabilidade atendendo às normas ambientais para sua empresa estar de acordo com a PNRS
  • Todo o processo é rastreável e seguido por nossa equipe de Customer Service e de Acompanhamento
  • A Ordem de Serviço, ou seja, o agendamento de coleta é enviado por SMS e e-mail para que o cliente já possa visualizar as pessoas que serão responsáveis por fazer a coleta 

Qual o destino dos produtos coletados?

Descarte Ecológico: conta com a descaracterização, separação por tipo de material e Descarte Ecológico através da reciclagem.

No final do processo sua empresa recebe um laudo com uma relação dos produtos coletados e descartados de forma ecológica. Além disso, o cliente recebe um certificado de que o descarte ecológico foi realizado!

Se você gostou dessa post também vai gostar de: Material de Merchandising – como descartar

Compartilhe via

Acompanhe todas as Novidades da Ecoassist

Muitas vezes o descarte correto de pilhas e baterias é um desafio para as empresas, mas

Muitas pessoas ainda não sabem, mas descartar sofá velho irregularmente é caracterizado pela constituição como crime

Dicas para reduzir o consumo de energia elétrica com eletrodomésticos. Sabemos que os eletrodomésticos são a

Embora nem todos saibam diferenciar este produto, é importante conhecer melhor sobre o destino correto de