Descarte de Residuos19

Blog

Você sabe como funciona um fogão de quatro bocas?

Compartilhe via

fogao 1

Há quem diga que a geladeira é o eletrodoméstico mais importante de uma residência, afinal ela é capaz de conservar alimentos por dias ou semanas, se estiver congelada. Contudo, para o preparo das refeições, o fogão de quatro bocas simples é essencial, apesar dos novos eletroportáteis assumirem grande parte dessa responsabilidade.

Para algumas pessoas, no entanto, a substituição do tradicional fogão por fritadeiras e panelas elétricas chega a ser uma ofensa. O eletrodoméstico é o item de primeira necessidade para os amantes de culinária, sejam os mais velhos ou os que levam a arte de cozinha como hobby e profissão.

Por isso, criamos uma história breve de como o fogão foi criado e sua jornada até os tempos atuais e como fazer o descarte correto ao fim de sua vida útil!

Fale Conosco

A História do fogão

Há muitos anos atrás, quando o homem parou de ser nômade e passou a permanecer mais tempo em um único lugar, o domínio do fogo foi ampliado e pouco a pouco controlado. 

A primeira técnica utilizada para cozimento de alimentos era prender a refeição em espetos de madeira e assá-los diretamente na fogueira. Aos poucos a forma foi se aperfeiçoando conforme as necessidades, chegando ao fogo em buracos no chão e alimentos em panelas de barro para cozinhar sob pedras quentes. As pedras eram como chapas ou grades de fogão.

Com o passar do tempo, fogões feitos a partir do barro e metal passam a ser utilizados, sendo conhecidos atualmente como forno à lenha, muito encontrado em sítios ou casas antigas. Esse modelo funcionava à base da queima de madeira ou carvão, permanecendo assim até meados do século XIX.

Somente durante a revolução industrial o homem começou a explorar novas formas de combustível à base do petróleo, adaptando os novos fogões para funcionamento com nafta. Depois disso, alcançamos o uso a gás, utilizado até hoje junto ao modelo elétrico que tem ganhado cada vez mais visibilidade.

Do que é feito um fogão?

A carcaça de um fogão de quatro bocas comum possui metal, aço inoxidável em alguns casos, vidro, alumínio e aço fundido para trempes. Os componentes internos incluem a lã de vidro para isolamento térmico, metal para peças, cobre e cabos isolantes de borracha para fios. Os acessórios como manípulos e pés são feitos normalmente de plástico inflexível.

Apesar da composição geral ser a mesma, cada modelo de fogão possui sua própria característica. O cooktop, por exemplo, conta com menos da metade das peças usadas em um fogão de 5 bocas, por ser estreito e compacto.

Já o fogão e os fornos de embutir, dispensam os pés e muitas vezes a tampa de vidro utilizada para proteger a mesa de cozimento quando o equipamento está fora de uso. A retirada de pés não se aplica para modelos de fogão de piso convencional.

Além do próprio fogão de quatro bocas, por exemplo, existem peças adjacentes para o funcionamento do produto, como botijão de gás, mangueira, registro e outros componentes necessários para o funcionamento.

Impacto do fogão no meio ambiente

Todos os componentes citados acima, podem ser reciclados quando descartados de forma ambientalmente adequada. No entanto, ainda enfrentamos grandes dificuldades em conscientizar a população sobre a importância do descarte consciente de resíduos sólidos.

Ao abandonar um fogão velho em vias públicas, terrenos baldios, rios ou outros locais incorretos, a pessoa está cometendo um crime ambiental, conforme aponta a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

O fogão enferrujado, por exemplo, pode causar tétano em coletores que se ferem durante o manejo do equipamento. O vidro também pode ferir pessoas, além de contaminar o solo e lençóis freáticos. Por isso, é importante escolher o Descarte Ecológico para se livrar de um fogão usado com máxima segurança, conforto e sustentabilidade.

Como descartar fogão velho?

Alguns fabricantes de linha branca atuam em conformidade com a Lei Nº 12.305/10 e promovem o sistema de Logística Reversa, através de pontos de coleta espalhados pelo país. Contudo, um fogão convencional não não é fácil de transportar, principalmente em casos onde o ponto de coleta é distante da residência.

Pensando nas dificuldades, desenvolvemos o Descarte Ecológico para que pessoas do Brasil todo possam solicitar o serviço de coleta diretamente em casa ou empresa. Nossos profissionais atuam com equipamentos de segurança e garantem o transporte até o caminhão, sem que o cliente precise fazer o trabalho pesado.

O agendamento pode ser feito através dos nossos canais de atendimento, bem como o orçamento. O custo é calculado com base no volume e localização dos itens. Pode ser gratuita se o cliente tiver um seguro cuja apólice ofereça nossos serviços sustentáveis. 

Atendemos empresas e pessoas físicas!

Leia também: Você sabe como é feito um colchão de casal?

Entre em contato!

Compartilhe via

Acompanhe todas as Novidades da Ecoassist

Muitas vezes o descarte correto de pilhas e baterias é um desafio para as empresas, mas

Muitas pessoas ainda não sabem, mas descartar sofá velho irregularmente é caracterizado pela constituição como crime

Dicas para reduzir o consumo de energia elétrica com eletrodomésticos. Sabemos que os eletrodomésticos são a

Embora nem todos saibam diferenciar este produto, é importante conhecer melhor sobre o destino correto de